A gente não sabe se Bolsonaro algum dia vai responder pelo meio milhão de mortos pela covid-19 no país, mas tem um caso que pode levá-lo a julgamento – ao menos internacionalmente. No final de junho, o Brasil foi citado pela 1ª vez na ONU como um caso de risco de genocídio indígena. A América Latina tem outros exemplos de governantes que foram parar no banco dos réus por essa acusação. Entre eles, o ditador chileno Augusto Pinochet. Maurício Brum te conta no Giro Latino em que ponto a história do genocida e do ditador podem convergir.

The post Bolsonaro pode repetir Pinochet e ser processado fora do país appeared first on The Intercept.